APRENDA COMO REDUZIR OS CUSTOS NA ÁREA DA SAÚDE

Reduzir custos é uma preocupação recorrente dos gestores das instituições em saúde. A máxima de que “saúde não tem preço, mas tem custo” deve ser entendida com a manutenção adequada da assistência ao paciente sem onerar demais os recursos financeiros da empresa.

Por isso, estratégias direcionadas para como reduzir custos, aumentar a produtividade, melhorar a gestão do tempo, motivar os colaboradores devem estar integradas com a assistência humanizada ao paciente.

Pensando nisso, selecionamos 4 dicas de como reduzir os custos em ambientes de saúde.

Implementação de protocolos e processos administrativos

A estratégia de como reduzir custos deve ser pensada de forma holística e contar com o envolvimento de todos os colaboradores da instituição. Para isso, as propostas devem ser bem elaboradas, acordadas entre os colaboradores e constantemente verificadas.

Os gestores precisam sensibilizar a equipe de forma que ela se torne multiplicadora das ações em seus setores, contribuindo para melhoria do ambiente de trabalho e conscientizando sobre a manutenção financeira da empresa.

Considere implantar inicialmente pequenas ações e divulgá-las de forma criativa a fim de facilitar a percepção dos colaboradores e observar o comprometimento de cada um por meio de indicadores pré-estabelecidos.

Implementação de protocolos clínicos e processos administrativos

Protocolos clínicos devidamente aplicados ajudam a se manter uma conduta clínica adequada, ao passo que colaboram para se evitar diagnósticos redundantes e também procedimentos desnecessários, que podem gerar desperdícios atrapalhar no tratamento do paciente.

Na área administrativa, estima-se que cerca de 70% dos gastos sejam relativos ao tempo gasto em interação com fontes pagadoras, solicitando autorizações para procedimentos ou solicitando pagamentos. Por isso, um elevado grau de automação em processos administrativos rotineiros pode se refletir em economia bastante relevante.

Use a tecnologia a seu favor

Sistemas informatizados, quando bem utilizados, são garantia de redução de custos em qualquer empresa. Em se tratando de ambientes clínicos, a implantação da tecnologia torna-se fundamental.

Softwares podem armazenar dados clínicos e de experiência dos pacientes, além das movimentações financeiras da empresa, folha de pessoal, etc. Quando bem operacionalizado, garante a fidedignidade das informações e apresenta indicadores que são usados pelos gestores na implantação de estratégias em curto, médio e longo prazo.

Outro ponto de grande impacto potencial é a telemedicina, que possibilita a troca de informações via teleconferência e emissão de laudos a distância com resultados rápidos e em alta resolução. Além disso, os serviços de telemedicina otimizam a infraestrutura da instituição de saúde e reduzem custos operacionais dos setores clínicos.

Avalie a saúde financeira de sua empresa

O diagnóstico da saúde financeira da instituição deve ser feito por dados obtidos em um sistema informatizado. Nele, poderão ser observadas as receitas (consultas médicas, procedimentos ambulatoriais, produtividade dos colaboradores, etc), provindas das diversas fontes pagadoras, e as despesas (folha de pessoal, gastos com materiais médicos e insumos, etc).

Para que a instituição chegue a um diagnóstico mais preciso possível, é importante que ela consiga visualizar a performance financeira em cada um de seus setores, profissionais e/ou especialidades, conforme aplicável.

Após esse levantamento, é interessante buscar dados não-financeiros. Estamos falando do ambiente de trabalho, nível de satisfação do paciente com os serviços ofertados, capacidade dos gestores em liderarem seus colaboradores, etc.

Todos esses fatores serão compilados com o intuito de oferecer para o gestor o diagnóstico da saúde financeira da empresa.

Saber como reduzir custos em ambientes de saúde é um desafio para os gestores que precisam garantir uma assistência de qualidade ao paciente e equilibrar os recursos financeiros existentes. Porém, não é uma tarefa impossível e quando bem implantada, possibilita uma maior sustentabilidade nos serviços prestados.

Se você tem alguma dúvida ou quer compartilhar sua experiência, deixe seu comentário!