Pesquisa Qualitativa ou Quantitativa?

Pesquisa qualitativa ou quantitativa, qual é a diferença? Quando devemos utilizar cada uma delas?

Toda pesquisa é uma forma de estudar sistematicamente um problema, uma preocupação, uma atividade ou um novo produto, adquirindo novos conhecimentos através da coleta de dados. Ao fazer a análise desses dados, conseguimos descrever, explicar, prever e controlar o objeto dessa pesquisa.

O objetivo das Pesquisas sobre a Experiência do Paciente é saber o que eles estão pensando, sentindo ou comentando sobre todas as interações que tiveram dentro do seu hospital, clínica médica ou laboratório. Mas a sua instituição de saúde precisa de uma pesquisa Qualitativa ou Quantitativa? E quais são as diferenças entre elas?

Confira o que você vai encontrar neste artigo:

  • O que é Pesquisa Qualitativa?
  • O que é Pesquisa Quantitativa?
  • Qual é o número ideal de respostas que devo obter nas minhas pesquisas?
  • Será que todos os meus pacientes vão responder as pesquisas?
  • Qualitativa ou Quantitativa, qual é a melhor opção para minha instituição de saúde?

Pesquisa Qualitativa, o que é?

Pesquisa Qualitativa é a que fornece insights sobre os problemas e ajuda a desenvolver novas ideias dentro da instituição de saúde. Através de uma pesquisa qualitativa, podemos encontrar as razões, opiniões e motivações do indivíduo.

A abordagem da pesquisa qualitativa é centrada no paciente, ou seja, ela leva em conta os pensamentos, sentimentos e experiências de cada pessoa. Assim, ela fornece informações detalhadas e nada genéricas, do ponto de vista do paciente.

Justamente por ser uma pesquisa tão detalhada, para que a instituição de saúde possa tratar todos os dados adquiridos com qualidade, não será necessário um número muito grande de respostas. Com uma amostragem pequena e representativa, você consegue  compreender como aquele grupo de respondentes se sente em relação à sua instituição e todo atendimento recebido.

“É muito melhor ter uma resposta aproximada para a pergunta certa do que ter uma resposta exata para a pergunta errada”

Gerdes & Conn, 2001

 

O que é uma Pesquisa Quantitativa?

É através de uma pesquisa quantitativa que a instituição de saúde consegue identificar padrões e fazer generalizações, através do número de opiniões, reclamações e atitudes dos pacientes ou do seu corpo clínico. Todas as respostas obtidas são traduzidas em números e estatísticas para serem analisadas.

Quando a instituição utiliza o método de pesquisa quantitativo, é possível dimensionar uma determinada ação ou problema específico, quantificando o quanto ele predomina entre o público que fará parte dessa pesquisa.

Ao contrário da pesquisa qualitativa, quanto maior a amostra, mais precisa será a pesquisa, pois, com um número maior de respostas, aumenta a probabilidade do resultado corresponder à realidade.

As perguntas que compõem um questionário quantitativo são mais específicas e fechadas, onde o paciente deve responder, por exemplo, "o quê" e "quanto". Também podem incluir múltipla escolha, como perguntas de diferencial semântico - Sim ou não? Bom ou ruim? - ou escala de classificação, como "que nota de 1 a 10 você daria para determinado setor?".

Uma forma bastante eficaz utilizada pela HFocus para obter um bom número de respostas em uma pesquisa quantitativa é o envio de SMS, onde o paciente recebe a pesquisa no número de telefone cadastrado pela instituição de saúde e acessa rapidamente o questionário.

Qual é o número ideal de respostas que devo obter nas minhas pesquisas?

O número de respondentes necessários para que a sua pesquisa seja relevante vai depender do tamanho do público da sua instituição de saúde. Conhecer o número de pacientes que são atendidos pela instituição é o primeiro passo para descobrir o número ideal da sua amostra de pesquisa.

Será que todos os pacientes vão responder a minha pesquisa?

Depois que você conseguiu definir o tamanho da amostra ideal, é essencial informar ao paciente que ele vai receber uma pesquisa após o atendimento, onde suas respostas serão muito importantes para que a instituição de saúde saiba que atendeu as expectativas e, se necessário, faça melhorias em determinados pontos. 

A taxa de abertura e de resposta das pesquisas pode variar por diversos fatores. A complexidade da sua pesquisa, a quantidade de perguntas, o tema dessas perguntas e o próprio  relacionamento com a instituição podem impactar na sua taxa de resposta.

Como dissemos neste artigo do Blog da Hfocus, todo paciente tem a sua própria jornada dentro da instituição, ou seja, cada experiência é única e particular. Sendo assim, pesquisas de satisfação do paciente não precisam de uma amostra muito alta, já que a instituição de saúde precisa dedicar atenção especial a todas as respostas.

Cuidando do feedback de um paciente, você está cuidando de centenas de pacientes.

Fazer as perguntas certas é tão ou mais importante quanto o número de respostas nas pesquisas de satisfação do paciente, a fim de obter as informações mais preciosas para a sua instituição.

 

Para ajudar as instituições de saúde a conseguirem boas taxas de abertura, a HFocus oferece os modelos de pesquisa mais validados no mercado, incluindo aqueles utilizados nas maiores instituições de referência no país.

 

Além de modelos, a HFocus também pode desenvolver pesquisas personalizadas de acordo com a jornada da sua instituição.

 

Leia também: O que é Jornada do Paciente?

 

Qualitativa ou Quantitativa, qual pesquisa utilizar na minha instituição de saúde?

 

As Pesquisas Qualitativas oferecem ao gestor uma narrativa descritiva dos fatos, sendo uma importante fonte de conhecimento. E a Pesquisa Quantitativa é capaz de mostrar o percentual do público da instituição que passa pelas mesmas situações e/ou tem o mesmo sentimento. O objetivo do gestor vai determinar a metodologia a ser utilizada nos processos de pesquisa da instituição de saúde. Sendo assim, para atingir a Excelência no Atendimento, o ideal é que a instituição de saúde utilize o melhor que as duas metodologias podem oferecer, para obter os melhores resultados. A HFocus pode ajudar a sua instituição de saúde a distribuir Pesquisas Qualitativas e Quantitativas para o corpo clínico e seus pacientes, disponibilizando os resultados através do painel administrativo, onde o gestor poderá interpretar todos os dados e obter insights para produzir melhorias. Quer saber como a HFocus pode ajudar você a mapear toda a Jornada do Paciente e traçar estratégias para facilitar a sua busca pela Excelência no Atendimento na área da saúde? Solicite aqui uma demonstração gratuita da nossa plataforma.